3 motivos para nunca deixar seu site fora do ar

Um site pode ficar fora do ar por várias razões: domínio expirado, erros na programação do site, erros de configuração do servidor, loops de redirecionamento, entre outros.

E ainda existem empresas que permitem que o site fique fora do ar por falta de pagamento da hospedagem ou até mesmo do domínio.

“Tudo bem, pois meu site não me traz tantos negócios assim…”

“Eu atrasei o pagamento da hospedagem, mas tudo bem, depois de um dia já voltou a funcionar…”

Se você ainda pensa assim, pode começar a se preocupar! Você está perdendo dinheiro e nem está percebendo. Mas isso é outro assunto, saiba mais no artigo Seu site pode estar te dando prejuízo.

Entenda: seu site não pode ficar fora do ar. Nem por um momento.

Além de perder visitas, ele deixa de vender os seus produtos e serviços. Consequentemente, os consumidores tenderão a procurar seus concorrentes!

Você deixa de pagar as contas de luz, telefone ou internet da sua empresa? Por quê? “Porque senão eu não tenho como trabalhar.” São a sua estrutura, aquilo que te permite trabalhar e fazer dinheiro, certo? Você precisa raciocinar dessa forma em relação ao seu site.

Vamos apresentar algumas razões que você precisa saber, para nunca deixar seu site ficar fora do ar:

1) Seu site perderá posições no Google

As oscilações no seu site prejudicam seu ranqueamento (posicionamento) no Google. O servidor precisa se manter estável para que seu site fique sempre no topo ou em alguma posição de destaque, pois sabemos que o usuário tende a clicar nos três primeiros resultados que aparecem nas buscas. Em qual posição você quer ficar?

2) Você perderá negócios

Um site indisponível vai impactar negativamente os seus negócios. Independentemente de estar por minutos ou dias fora do ar, isso fará com que você perca vários clientes – o que pode se tornar algo irreversível.

Faça as contas:

Quanto custa a sua hospedagem? E um trabalho fechado seu, paga quantos meses (ou anos) de hospedagem?

Imagine a seguinte situação: você deixa de pagar a hospedagem do seu site, ele fica fora do ar por um dia.

E se nesse dia você deixou de fechar UM NEGÓCIO, pois a pessoa acessou seu site e ele estava fora do ar?

E se nesse dia alguém que te fez um pedido que não chegou porque os e-mails não estavam funcionando?

Você perdeu a venda, perdeu o negócio, e pode ter perdido o cliente.

E QUANTO você perdeu? Tanto em vendas como em atendimento e presteza nos serviços?

E quais são as chances desse cliente retornar ao seu site depois disso?

E mais: quanto seu concorrente ganhou, já que por esse motivo você pode ter praticamente entregado o cliente “de bandeja” para ele?

3) A reputação da sua empresa poderá ser prejudicada

Sejam clientes novos ou habituais, um site indisponível pode deixar uma péssima impressão perante o seu público, o que certamente irá prejudicar a sua credibilidade.

Outro prejuízo que pode ocorrer é os visitantes navegarem pelas redes sociais e testemunharem contra o site, alegando não existir ou que não ele atende às expectativas – e isso é péssimo!

Reflita sobre essas questões e tenha em mente que ele não deve ficar fora do ar, nem mesmo por um dia, pois o cliente perderá a confiança no que você oferece e certamente vai migrar para a concorrência

Não deixe de investir, pagando a hospedagem de maneira correta, pois seus negócios só tendem a prosperar. Ter um site 24 horas por dia disponível para os clientes não é custo, e sim investimento.

E se o seu site não está lhe trazendo bons resultados, continue acompanhando nossas postagens para ter mais informações sobre o assunto.

Até a próxima!

Compartilhe nas redes sociais:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Felipe Rasmussen

Felipe Rasmussen
Arquiteto de formação pela FAU-USP, pegou gosto pela Internet ainda na faculdade. Desenvolveu seu primeiro site para o projeto de graduação, lá nos idos de 2000, e não parou mais. Agregou ao seu conhecimento o Marketing Digital, e hoje, juntamente com a equipe da Macroweb, ajuda empresas de todo o país a apresentar-se na Internet de forma útil, relevante e profissional.

Você também pode se interessar por: